Livro dirá que ex-preside​nte americano Nixon era gay e tinha caso com mafioso


O ex-presidente dos Estados Unidos Richard Nixon (Foto: AP/Arquivo)O ex-presidente dos Estados Unidos Richard Nixon
(Foto: AP/Arquivo)
Uma nova biografia de Richard Nixon, escrita por um vetereno repórter americano, vai trazer à tona detalhes polêmicos da vida do presidente dos Estados Unidos, que deixou a Casa Branca pela porta de trás. De acordo com o site do tabloide inglês "Daily Mail", o livro "Segredos mais sombrios de Nixon", do jornalista Don Fulsom, vai contar a história de uma pessoa que tinha problemas sérios com bebida, batia na mulher, mantinha ligações com a máfia e - a revelação mais surpreendente - era gay.

Segundo Fulsom, o ex-presidente pode ter tido um caso com seu melhor amigo e confidente: 'Bebe' Charles Rebozo, um empresário cubano-americano com um histórico de relacionamentos fracassados ​​com mulheres e alianças com chefes da máfia de Miami.

O livro relata que o casal Nixon tinha quartos separados na Casa Branca. E, em Key Biscayne, o resort exclusivo perto de Miami onde a família passava os feriados, Pat Nixon nem mesmo dormia no mesmo prédio. Rebozo, no entanto, estava na casa ao lado. Fulsom cita ainda um ex-repórter da revista “Time”, que, em um jantar em Washington, se abaixou para pegar um garfo e viu os dois (Nixon e Rebozo) de mãos dadas sob a mesa. Foi uma cena suficientemente íntima para sugerir "homossexualidade reprimida", teria contado o jornalista.

Ainda de acordo com o livro, que será lançado em janeiro, Nixon tinha ligações com a máfia de Nova Orleans, comandada por Carlos Marcello, considerado na época o mafioso mais poderoso da América.

O mais curioso é que, em sua passagem pela Casa Branca, Nixon gostava de contar piadas homofóbicas. Durante o seu mandato, o então presidente mandou bombardear o Camboja, fez discursos anti-semitas e foi acusado pelos adversários políticos de usar truques sujos nas campanhas. E, devido ao escândalo Watergate, passou para a história por ter sido o único presidente dos Estados Unidos a renunciar. Nixon morreu em 1994, aos 81 anos.

0 comentários :

Postar um comentário