Playcenter fecha e investirá R$ 40 milhões em novo parque




Local funcionava havia 40 anos em SP e já recebeu mais de 60 milhões de visitantes

Playcenter
Foto: Luiz Carlos Santos

PlaycenterLUIZ CARLOS SANTOS
SÃO PAULO - Após quarenta anos de atividades, o Playcenter, o mais tradicional parque da cidade de São Paulo, localizado no bairro da Barra Funda, Zona Oeste da cidade, vai fechar as portas. Segundo nota divulgada pelo Grupo Playcenter, na mesma área, será feito investimento para a criação de um novo parque "dentro um conceito de diversão inédito no Brasil, projetado sob medida para os pais", diz a nota. Para a implantação do Novo Parque, o Playcenter encerrará suas atividades no dia 29 de julho.
O novo parque será destinado apenas a crianças. De acordo com a nota do Playcenter, após estudos feitos nos últimos anos, concluiu-se que a cidade tem carência de espaços onde os pais possam brincar e interagir junto com seus filhos.
A capacidade máxima no novo parque será de 4.500 por dia, para garantir o conforto e a experiência dos visitantes. O modelo do novo parque é uma tendência mundial, segundo o Grupo Playcenter, e segue os moldes de Legoland, Nickelodeon Universe, entre outros, com atrações inéditas, muito verde, conteúdo temático, educacional e interatividade.
De acordo com o Grupo Playcenter, serão investidos R$ 40 milhões entre pesquisas, projetos, instalações, atrações, início das operações e marketing. O empreendimento estará em pleno funcionamento durante a Copa do Mundo de 2014. Para isso, a data de inauguração está prevista para julho do próximo ano. O Grupo Playcenter estuda levar esse modelo de Parque para outras capitais do Brasil.
Fundado em 1973, o Playcenter é um dos parques de diversão mais tradicionais da cidade. Nestes 40 anos de atividade, pelo menos 60 milhões de pessoas já passaram por suas atrações. O parque tem uma área de 85 mil metros quadrados, e é frequentado por crianças, adolescentes e adultos.
Nos últimos anos, o parque ganhou o noticiário após uma série de acidentes. Em abril do ano passado, oito pessoas caíram do brinquedo Double Shock, quando uma das travas de segurança se abriu. Em setembro de 2010, dois carrinhos da montanha-russa Looping Star se chocaram e 16 pessoas se feriram, a maioria crianças. Os carrinhos não conseguiram frear. Em janeiro de 1995, um menino de 11 anos caiu de uma altura de 13 metros do Space Loop, um brinquedo que simulava loopings de avião.


Fonte: o globo

0 comentários :

Postar um comentário