Amigo suspeita que atirador norueguês seja gay

Um amigo do atirador norueguês Anders Breivik contou à corte que julga o caso que ele “poderia ser gay”. Segundo a testemunha, ele tinha traços e atitudes femininas e se isolou do mundo quando resolveu voltar a morar com na casa da mãe.

Anders foi o autor do massacre que deixou77 mortos em Oslo e na ilha de Utoya, naNoruega, no ano passado.

Além disso, o amigo, que topou dar o depoimento ser ter a identidade revelada, contou que Anders era muito vaidoso, usava maquiagem, dizia ser metrossexual e queria se parecer com o jogador David Beckham.

Na época dos ataques, Anders Breivik justificou a matança afirmando que era necessária, pois acreditava estar agindo para proteger a Noruega do multiculturalismo.

0 comentários :

Postar um comentário