Ex-governador da Florida acusado de ser gay e bêbado

O ex-governador da Florida Charlie Crist foi acusado de ser um alcoólico e um homossexual não assumido pelo advogado do ex-responsável do Partido Republicano no estado norte-americano, que por sua vez responde em tribunal por ter pago dinheiro a si próprio em troca de angariar financiamento para o partido.

Segundo o advogado de Jim Greer, o ex-governador manteve relações com dois homens, aos quais pagou para abandonarem a Florida, e terá mesmo chegado a insinuar-se ao ex-responsável republicano.

Por outro lado, o alegado alcoolismo de Crist já o levou a envolver-se em incidentes tão bizarros quanto uma tentativa de atropelar várias pessoas com um carrinho de golfe.

Reagindo a estas acusações, Charlie Crist chamou-lhe "uma data de mentiras desmioladas" que servem de pressão para que altere o seu testemunho, dizendo ao tribunal que tomou conhecimento de que Greer estava a cobrar dinheiro pela obtenção de financiamento para os republicanos.

Charlie Crist abandonou o cargo de governador da Florida para concorrer ao Senado dos EUA. No entanto, perdeu as primárias republicanas para Marco Rubio, um dos possíveis candidatos a vice-presidente ao lado de Mitt Romney, e viu o rival vencer as eleições.

0 comentários :

Postar um comentário