Jornal da Etiópia prega pena de morte para gays

Um jornal da Etiópia diz que os Estados Unidos e a Europa estão conspirando contra o país ao exportar e promover a homossexualidade.

O diário estima em 16 mil os homossexuais no país e define isso como uma “infestação”. As bolsas de estudo recebidas por alunos etíopes para a Europa e os Estados Unidos seriam a grande causa deste “mal”.

Segundo o jornal, a natureza promíscua dos gays faz com que possuam 75 parceirospor ano e alguns chegam ter de sete a nove parceiros por dia! E também acusam gays de recrutar crianças e adolescentes para a homossexualidade.

Medidas severas – incluindo a pena de morte – são defendidas pela publicação, fazendo eco a uma recente conferência “anti-homossexualismo” nacional realizada no país.

Um comentário :

  1. isso é um absurdo gente, milhares de homossexuais podem ser mortos só por conta da sua orientação sexual! ABSURDO!

    ResponderExcluir