Michelle Batista, de 'Clandestinos', vira travesti para filme


Michelle Batista, de 'Clandestinos', vira travesti para filme (Foto: Divulgação)
Depois de participações nas séries "Clandestinos" e "Louco por elas", na Globo, Michelle Batista interpretou uma travesti para o curta-metragem "A inevitável história de Letícia Diniz", que narra a história da transexual nascida em Rondônia e que acabou se prostituindo no Rio de Janeiro. O filme é baseado nos três primeiros capítulos do livro homônimo, de Marcelo Pedreira, que também o dirigiu.

Em entrevista, Michelle - que é irmã gêmea de Giselle Batista, a Isadora de "Cheias de charme" - contou qual foi sua reação ao receber o convite para o curta.

- Foi uma grande surpresa, porque eu jamais pensei que me chamariam para interpretar uma travesti. Quando a gente pensa em travesti, a primeira coisa que vem a cabeça é o estereótipo de uma mulher cheia de trejeitos exagerados, e o mais interessante para mim foi conhecer o outro lado, o da sutileza - lembrou.

A atriz disse que o mais difícil na composição da personagem foi justamente encontrar essa medida, já que Letícia era uma figura bem feminina. Como laboratório para o filme, Michelle conversou com travestis da Lapa, zona central do Rio, e fez aulas de fonoaudiologia com Marly Brito.

- O legal é que todas as travestis da Lapa ficaram realmente felizes por verem suas histórias sendo contadas. Muitas participaram do filme e leram o livro. Ali, nos bastidores, eu ouvi da boca de cada uma delas histórias muito parecidas com as do no livro. Foi emocionante.

Michelle, que gravou nas ruas do Rio, contou que foi abordada algumas vezes por pessoas que lhe perguntavam "quanto era o programa". Outras tiravam fotos.

- O mais legal era quando alguém achava que eu era uma travesti de verdade fazendo ponto ali. Depois que eu vi a foto da verdadeira Letícia eu entendi que eu poderia ser uma delas.

Michelle Batista, de 'Clandestinos', vira travesti para filme (Foto: Divulgação)
Michelle, em "Clandestinos"


0 comentários :

Postar um comentário