Professor de 65 anos é preso por se prostituir como drag queen


O professor de literatura alemã Max Reinhart, de 65 anos, foi preso em Atlanta (Geórgia, EUA) oferecendo os seus serviços a um policial disfarçado. Não, ele não estava oferecendo aulas. Era sexo. O sexagenário trabalhava travestido como Sasha em um hotel da cidade americana.
A drag queen ofereceu meia hora de sexo por 60 dólares, de acordo com o"Atlanta Journal Constitution". 
Sasha foi encontrada pela polícia em um site de prostituição que está sendo investigado por supostamente oferecer meninas menores de idade para programas sexuais. O professor foi preso por prostituição e por administrar uma casa de prostituição.

Reinhart é especialista em literatura alemã do século XVIII, especialmente no trabalho de Johann Wolfgang von Goethe. Ele trabalha na Universidade da Geórgia.

0 comentários :

Postar um comentário