Estados Unidos: igreja debate bênção para casais gays

Igreja Episcopal norte-americana pode dar um passo decisivo no reconhecimentodas uniões gays.

Iniciada ontem (05), em Indianápolis, está prevista na pauta da Convenção Geral da Igreja o debate sobre um rito de bênçãopara casais de mesmo sexo. O debate será feito amanhã, dia 7, quando também termina a convenção.

Atualmente, os episcopais só reconhecem como casamento a união entre homem e mulher, e os partidário do rito argumentam que este não será um sacramento e não conferirá o status de casamento ao casal.

Se depender do histórico, as perspectivas são animadoras. Em 2003, Gene Robinsonfoi eleito o primeiro bispo abertamente gay pela Igreja Episcopal de New Hampshire. Em 2006, Katharine Jefferts Schori foi eleita, pela Convenção Geral, a primeira bispa-primaz de uma província da Comunhão Anglicana, tornando-se líder de toda a Igreja Episcopal nos Estados Unidos.

Em 2009, na última Convenção Geral, os episcopais aprovaram um texto encorajando bispos a darem uma "resposta pastoral generosa" a casais gays nos estados americanos com leis de casamento igualitário.

Caso seja aprovado, o rito promete aprofundar ainda mais a crise entre os anglicanos liberais e conservadores, estes últimos principalmente oriundos da América Latina eÁfrica, que têm se sentido incomodados com todas essas demonstrações progressistas.

0 comentários :

Postar um comentário