Governo da Holanda dará asilo a todos os gays iraquianos

Ser gay assumido em um país de maioria muçulmana não é das coisas mais fáceis do mundo - e pode até mesmo representar risco de vida.

A verdade inconveniente foi admitida pelo governo na Holanda quando, no mês passado, o ministro da Imigração, Gerd Leers, suspendeu a deportação de todos os gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais iraquianos do país.

A decisão foi tomada após um alerta do Ministério das Relações Exteriores, que avisou que é impossível ser abertamente gay no Iraque sem correr um grave risco.

Será preciso, no entanto, que o requerente prove ser gaylésbicabissexual ou transexual.

0 comentários :

Postar um comentário