Pelo Twitter, Cher elogia pastor antigay e causa polêmica

A cantora Cher causou polêmica ao elogiar, através do Twitter, o pastor Joel Osteenapós ter comprado seu último livro.

"Adoro Joel Osteen, ele é um exemplo de cristão! Ele faz todos se sentirem bem-vindos à sua igreja, não importa quem eles sejam. É o primeiro livro assim que eu compro", teria twittado a cantora.

Posteriormente, Cher continua e diz que, embora soe loucura um elogio vindo da parte dela, Joel Osteen é legal, divertido e não é enfadonho. Tudo certo, não fosse o fato de Osteen não ser bem-visto pelos gays dos Estados Unidos, seja por dizer que a homossexualidade é um pecado, seja por frases do tipo "Não acredito que a homossexualidade seja o melhor de Deus para a vida de uma pessoa".

Exatamente por isso, quando um usuário replicou que o pastor não era "nada legal" em se tratando de gaysCher se mostrou perturbada e respondeu que ela não era assim, como comprovava sua vida inteira.

"Os cristãos têm tido tempos difíceis, mas podemos ajudar a mudar isso", twittou a mãe de Chaz Bono. Em seguida, ela deu exemplos de como as coisas mudaram de muitos anos para cá, desde o tempo em que era ilegal ser gay até o momento atual, em que Chaz, que é homem trans, pôde se assumir. Foi quando alguns usuários começaram a desconfiar se a conta da diva não tinha sido hackeada.

0 comentários :

Postar um comentário