Playcenter fecha após 39 anos


Foto aérea do parque de diversões Playcenter. O Playcenter foi inaugurado em 27 de julho de 1973, e é o primeiro grande parque de São Paulo, fundado com base nos parques das grandes cidades dos Estados Unidos da América e da Europa. Foto: Lucrécio Jr/AE



Golfinhos Flipper e Sissi durante apresentação no parque de diversões Playcenter, em 1983. Foto: Joveci C. de Freitas/AE



A montanha russa era um dos brinquedos mais disputados do parque (1990). Foto: Marcos Mendes/AE 



Personagens do Noites de Terror no parque de diversões Playcenter, em 1992. Foto: Masao Goto Filho/AE



Outdoor sendo pintado em frente ao parque de diversões Playcenter por conta da interdição da Prefeitura de São Paulo, em 1995. Foto: Roberta Dabdab/AE



Visitantes no brinquedo Evolution, do parque de diversões Playcenter, em 1997. Foto: J.J. Leister/AE



Em tempos áureos, o Playcenter lotava, como nesta foto do dia 14 de fevereiro de 1997. Em 2003, na pior crise, o parque chegou a receber apenas 30 visitantes em um dia. Foto: José Cordeiro/AE



Visitantes no Playcenter no dia do aniversário de São Paulo, em 1998. Foto: Marcos Mendes/AE



Incêndio atinge parte do Playcenter em 2005. Foto: Agliberto Lima/AE



Cena noturna no Playcenter na Marginal Tietê, em 2005. Foto: Valéria Gonçalvez/AE



O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, brinca no Barco Viking acompanhado do secretário de Assistência e Desenvolvimento Social Floriano Pesaro (e) e Marcelo Gutglas, presidente do Playcenter. Foto: Valéria Gonçalvez/AE



A atriz Cheli Urban faz o papel da Monga, "a mulher macaco", na atração do Playcenter, em 2007.Foto: Vivi Zanatta/AE



Jovens se divertem no Playcenter durante o Summer Night, em 2010. O evento tinha proposta de reunir os jovens para uma intensa noite de orações, confissões, louvor, diversão e muita música durante a noite toda no Playcenter. Foto: Ayrton Vignola/AE



O brinquedo Double Shock causou um acidente grave em 2011, quando uma das travas de segurança se abriu em plena operação e parte dos ocupantes foi arremessada de uma altura de sete metros. Nos anos 2000, além da queda no número de frequentadores, o parque teve de lidar com a repercussão negativa de acidentes. Foto: Hélvio Romero/AE




Visitantes participam do Gay Day, em São Paulo, um dia antes da 15ª Parada do Orgulho LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais), em 2011. Foto: JB Neto/AE



No último dia de funcionamento do parque, visitantes dão adeus ao Playcenter, após 39 anos de atividades, completados na última sexta (27). Foto: JB Neto/AE



Os brinquedos radicais do parque darão lugar a atrações voltadas para o público infantil, em uma tentativa do Playcenter de buscar recuperar as receitas dos dias de glória. Foto: JB Neto/AE





Fonte: Yahoo

Um comentário :

  1. Muito triste saber que o Playcenter não vai mais voltar, tenho boas lembranças desse parque maravilhoso que já era um ícone de São Paulo. :(

    ResponderExcluir