Fã supostamente discriminado por Joelma defende a cantora: “Ela não é preconceituosa”




Joelma e fã em vídeo que fez sucesso na internet (Foto: Reprodução)
Para o fã Michel Mendes, que aparece em um vídeo com a cantora Joelma, da banda Calypso, no qual ela o aconselharia a deixar de ser gay, afirmou que a interpretação do diálogo foi maldosa e um equívoco.
Leia mais:
Joelma diz para fã que ele precisa se converter, virar "homem" e ter filhos

"A Joelma não é essa pessoa que todos estão pensando. Ela não é nada preconceituosa, nada homofóbica. Ela trata a gente superbem. Essa história foi uma brincadeira que eu comecei e ela fez comigo. Foi tudo uma brincadeira. Não passa de um mal entendido", disse o fã em um outro vídeo publicado no YouTube.
Michel ainda esclareceu que ama Joelma e que ela jamais faria algo que o magoaria ou que pudesse machucar os fãs dela. No vídeo divulgado na quinta-feira, gravado em Belém,  Joelma pede para Michel se converter e "virar homem" para a alegria de seus pais e de Deus.
Joelma se defendeu no Twitter:
"Um dos abusados [do fã-clube Abusados do Calypso] do Calypso estava brincando comigo e falou das intimidades dele para eu ficar vermelha e brinquei. Se eu fosse preconceituosa, meu melhor amigo não seria gay, o Aroldo (nome de guerra é Velany)."
A assessoria da cantora também a defendeu, em comunicado ao portal "R7":
"Joelma é um ícone gay. O que acontece é que os fãs sabem que Joelma é evangélica e sentem à vontade de brincar com ela e contar intimidades. Nesse vídeo, o que ela disse faz parte de uma brincadeira de um integrante do Fã-Clube Abusados do Calypso. Quem estava lá sabe que ela não foi preconceituosa e nem que tentou converter ninguém. Esse vídeo está sendo mal interpretado."

0 comentários :

Postar um comentário