Pesquisa diz que homossexualidade dos pais não afeta desempenho das crianças

Pesquisadores dos Estados Unidosestudaram crianças adotadas por casais de mesmo sexo para saber se isso é realmente verdade. A pesquisa chegou à conclusão de que a sexualidade dos pais e das mães não interfere no desenvolvimento das crianças.

Os estudiosos fizeram avaliações com as crianças nos períodos de 2 meses, 1 ano e 2 anos depois da adoção. O resultado é que todas as crianças, filhas de gays ou não, tiveram um significativo desenvolvimento cognitivo, e os níveis de problemas comportamentais permaneceram estáveis.

As crianças adotadas por gays e lésbicas tinham mais desafios antes da adoção e, ainda assim, chegaram ao mesmo ponto de desenvolvimento, o que é impressionante”, destaca a pesquisadora Letitia Anne Peplau. “Não há base científica para se discriminar pais gays e mães lésbicas”, completa ela.

0 comentários :

Postar um comentário