Pesquisa mostra que a homossexualidade está ligada à genética

A razão para existirem gays e lésbicas continua intrigar os cientistas que estudam a homossexualidade. A suspeita, agora, está sobre a “epigenética”.

É o que garantem pesquisadores do Instituto de Síntese Matemática e Biológica da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, que desenvolvem a tese. A Epigenética é o conjunto de fatores que faz com que alguns genes se expressem ou não.

Segundo os estudos, a orientação sexual estaria nesse grupo de instruções que faz com que uma célula produza proteínas adequadas ao corpo.

0 comentários :

Postar um comentário