Senado do Uruguai votará casamento gay nesta quarta-feira

Os senadores do Uruguai marcaram para esta quarta-feira (26) a votação em plenário do projeto de lei que, entre outras medidas, permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

O texto foi aprovado na Câmara no início do mês com os votos de todos os deputados da Frente Ampla, partido do presidente José Mujica, e de grande parte dos opositores. Se a expectativa de aprovação no Senado se comprovar, a lei segue para sanção do presidente e pode entrar em vigor já no início do ano. Junto com a matéria, os senadores votarão outros nove projetos.

A sessão desta quarta-feira foi convocada extraordinariamente para discutir esses projetos. Nos últimos seis anos, o Uruguai legalizou a união civil de homossexuais e a adoção de por parte desses casais, além de autorizar a mudança de nome e sexo nos documentos e permitir o ingresso de gays nas Forças Armadas.

O projeto que será votado pelos senadores equipara em direitos e deveres os casais homossexuais e heterossexuais. O texto diz que “o casamento é a união permanente entre duas pessoas de sexos diferentes ou iguais”.

Se a lei for aprovada, o Uruguai será o segundo país da América Latina – depois da Argentina – a legalizar o chamado casamento igualitário.

0 comentários :

Postar um comentário