Escola de Pais de Homossexuais de Sorocaba será anunciada em evento

Para assistir à palestra "Pais e filhos: a dificuldade com diferenças de sexualidade e gênero" é preciso se inscrever. O tema será abordado pela escritora e professora universitária Edith Modesto, no próximo dia 14 de março, às 19h30, no auditório da Secretaria da Cidadania (Secid), localizado à rua Santa Cruz, 116, no Centro. Interessados devem efetuar suas inscrições pelo telefone (15) 3219-1924 ou pelo e-mail sejuv@sorocaba.sp.gov.br. A iniciativa da Prefeitura de Sorocaba, por meio da Sejuv e Secid, deve dar início à implantação de uma Escola de Pais de Homossexuais no município.

Além de acolher pais e mães que vivem o drama da não-aceitação de um filho homossexual, a Escola de Pais de Homossexuais de Sorocaba será um espaço para a troca de experiências e informações. Além disso, o espaço proporcionará encontros para discutir os mitos e verdades relacionados à homossexualidade. A vice-prefeita e secretária das pastas de Cidadania (Secid) e Juventude (Sejuv), Edith Di Giorgi, acredita que a iniciativa deve evitar que os jovens homossexuais se envolvam com drogas e com a prostituição por não terem apoio e aceitação da família, quando declaram ter essa orientação sexual.

A vice-prefeita Edith Di Giorgi ainda revela que a ideia é inovadora dentro de um poder público municipal. "Esse é um drama que envolve toda a família. A nossa ideia será de ajudá-los para o bem-estar da relação entre pais e filhos, pois a aceitação da situação é a única forma de manter uma relação saudável", observa. Di Giorgi adianta que os encontros na Escola devem ser mensais e, inicialmente, terão a participação da convidada para a palestra do dia 14, a fundadora do Grupo de Pais de Homossexuais (GPH), a escritora e professora universitária Edith Modesto.

0 comentários :

Postar um comentário