Rihanna critica lei americana que permite homofobia: 'Só estamos vivendo nossas vidas'

Durante show, cantora falou O Que pensava Sobre lei homofóbica.



Rihanna E daquelas artistas Que Falam O Que pensam sempre. Neste Fim de Semana, a cantora se apresentou no festival March Madness Music Fest e fez hum Discurso contra Uma nova lei aprovada Cabelo Estado de Indiana, que abre Espaço Paragrafo discriminação de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. O Espetáculos foi Realizado EM Indianápolis, o capital de do Estado.

A tal lei Diz Que ninguem E Forcado hum Prestar Serviços Que Vao contra Religião SUA. No entanto, Segundo Especialistas de varias contraditório do Mundo, a lei permitir PODE POR Tabela Que Exista preconceito e discriminação POR OU Orientação sexual Identidade de Gênero.

Um Caso Recente Comprova ISSO. Pizzaria de Uma do Estado se recusou a SERVIR Casais do MESMO sexo e Virou ASSUNTO em Diversos Veículos de Comunicação. Especialistas em Direitos Humanos e Política pedem Que o Governo do Estado de Indiana reveja a lei Pelo Bem dos Cidadãos.

Contra a lei, Rihanna se pronunciou no palco mostram e ovacionada foi. "'Dane-se ESSA merda'. Eu Quem ESTÁ ESSA curtindo nova lei escrota que eles estao Tentando aprovar por aqui? Eu digo quero Ouvir VOCÊS Falando 'dane-se ESSA merda'. Só o o Nós Estamos Vivendo Nossas Vidas!"

Sequência Na, Rihanna começou a cantar a música "Live Your Life" (Viva Sua Vida).

Página Outros artistas também se manifestaram contra Já a nova Lei, Como Ashton Kutcher, Miley Cyrus, Azealia Banks, Susan Sarandon, Seth MacFarlane, Cher, Ellen Degeneres, David Letterman, o autor Stephen King e Ate O CEO da Apple Tim Cook. Muitos Políticos, Como Hillary Clinton NAO aprovaram lei Uma.



0 comentários :

Postar um comentário